Home Matéria Passarela de Congonhas é aberta ao público após 4 anos

Passarela de Congonhas é aberta ao público após 4 anos

0
0

A nova passarela de Congonhas foi aberta ao público no dia 26 de dezembro para a circulação de pedestres. A requalificação da passarela e entorno serão inaugurados na segunda quinzena de janeiro. A nova passarela é o resultado da parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a Associação dos Amigos da Passarela (Aspa), Praias Construtora e um grupo de empresas parceiras.
Os trabalhos de revitalização começaram em junho e as empresas estão investindo R$ 6,7 milhões. No local circulam cerca de 3 mil pessoas/dia. “A parceria entre a Prefeitura e empresas amigas da cidade foi possível atender a população, remodelar a passarela e qualificar a área”, afirma Marcos Penido, secretário Municipal de Serviços e Obras.
A Avenida Washington Luís teve um dos sentidos interditado nos dias 18 e 19 de novembro para o içamento de 3 das 4 estruturas metálicas que compõem a nova passarela, que pesam 53 toneladas. Juntas, totalizam 75 metros de comprimento, ligando os dois lados da avenida. Para executar os trabalhos, foi usado um guindaste com capacidade para erguer 110 toneladas. No início de novembro, também foram içadas as duas estruturas dos novos elevadores que darão acesso à passarela. A estrutura original da passarela, inaugurada em 1974, também foi revolucionária para sua época, utilizando pilares de concreto fabricados in loco e o içamento de vigas metálicas sobre a Avenida Washington Luís durante as madrugadas.
Quarenta e quatro anos após sua concepção pelo arquiteto brasileiro Vilanova Artigas (1915-1985) a passarela Comandante Rolim Amaro está passando por uma completa revitalização. O projeto idealizado por seu neto, o arquiteto Marco Artigas, e pela arquiteta Helena Camargo, busca resgatar a essência da antiga estrutura. A escada helicoidal no centro da passarela, por exemplo, teve toda sua estrutura de concreto restaurada e recuperada.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Matéria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *