Home Cultura & Lazer Espetáculo retrata vida do dramaturgo argentino Copi

Espetáculo retrata vida do dramaturgo argentino Copi

0
0

Fica em cartaz no Centro Cultural São Paulo, até este domingo (11), o espetáculo “Desmesura”, que conta a história do dramaturgo argentino Copi (1939-1987). Copi escreveu peças, contos e novelas sobre temas incomuns e chocantes nas décadas de 1960 a 1980. Falecido em decorrência das complicações do HIV, o artista levou para a arte todo o preconceito e dilemas que viveu em vida.
Na montagem, Copi é um rapaz que tem delírios constantes e no meio deles passa a confrontar o tempo em que viveu com o tempo em que vivemos. Essas “visitações” servem de plataforma para discutir dois temas urgentes quando pensamos em corpo e sexualidade: a transgeneridade e a soropositividade. A narrativa propõe uma reflexão sobre o estigma social e a visão historicista da epidemia da AIDS e problematiza lugares de fala, protagonismos e invisibilidade.
O texto é do também ator Ronaldo Serruya e a direção é de Luiz Fernando Marques. O elenco conta ainda com Luiz Gustavo Jahjah e Paulo Arcuri. O espetáculo não é indicado para menores de 18 anos e é apresentado no anexo da Sala Adoniran Barbosa. Os ingressos custam R$20. Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 20h. O Centro Cultural fica na rua Vergueiro, 1000. Paraíso.

Infantil de graça em Santana

Contemplado pela 28ª edição do ameaçado Programa de Fomento ao Teatro, o espetáculo infantil “Deu louca no Museu” reestreia dia 17 de junho, sábado, às 16h, no Teatro Alfredo Mesquita, com entrada franca. Encenada pelo Grupo Teatro de La Plaza,a peça mistura a linguagem do teatro de bonecos, objeto e animação para narrar as aventuras de um guarda de museu que irá receber uma importantíssima obra de arte.

O funcionário encarregado terá que usar toda a sua esperteza para evitar que as obras de arte sejam roubadas. Porém, um estranho visitante irá colocar em risco a valiosa coleção artística. O que o visitante nem imagina é que este não é um guarda comum, pois ele conta com uma arma secreta especial: os poderes da mágica e das habilidades para os truques.
Além disso, o guarda não está sozinho no combate ao crime: as próprias obras de arte irão se transformar e interagir com as personagens por meio de artifícios e ilusões. Ao mesmo tempo em que o público se surpreende, conhecerá alguns dos grandes artistas e suas obras (Leonardo da Vinci, René Magritte, Amadeo Modigliani, entre outros), tudo isso de maneira educativa e descontraída.
O espetáculo ficará em cartaz até 9 de julho, sempre aos sábados e domingos, às 16h. Avenida Santos Dumont, 1770 – Santana. Informações: 2221-3657. A bilheteria funciona de sexta a domingo, uma hora antes das apresentações.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Cultura & Lazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *