Home Matéria de Capa Vila Mariana comemora 124 anos de tradição e histórias

Vila Mariana comemora 124 anos de tradição e histórias

0
0

Uma das regiões de melhor infraestrutura da cidade de São Paulo e um pólo cultural por vocação, a Vila Mariana completa na terça-feira (3) 124 anos. A data refere-se ao ano em que o distrito foi reconhecido (1895), mas a história do bairro, segundo registros da Prefeitura, é mais antiga. Começou em 1782, quando o governador Francisco da Cunha Menezes concedeu uma sesmaria a Lázaro Rodrigues Piques. A gleba situava-se entre o Ribeirão do Ipiranga e a estrada do Cursino, atual avenida do Cursino.
O povoamento da região ganhou força a partir de 1887, quando foi criado o Matadouro Municipal, que posteriormente deu lugar à Cinemateca Brasileira. Fábricas foram inauradas, o que atraiu mais moradores, assim como as oficinas da Ferro Carril, instalada na avenida Domingos de Morais, e a Escola Pública de Dona Maria Petit, na rua Vergueiro. Implantados entre 1883 3 1886 pela Cia Carris de Ferro, capitaneada pelo engenheiro Alberto Kuhlman, os bondes cruzavam o bairro, com destino a Santo Amaro.
A Vila Mariana acabou se tornando sinônimo de charme e beleza, mas não é apenas uma localidade de boas casas, condomínios elegantes e farto comércio. Ela abriga espaços dedicados aos esportes, à cultura, pesquisa, saúde e Educação. O espírito empreendedor que marcou o florescimento talvez explique o grau de qualidade de vida e a quantidade de equipamentos disponíveis na Vila. Quase 80% dos moradores, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), têm o ensino fundamental completo, contra 49,9% do município. O ensino médio foi concluíodo por71,34% da população, bem superior aos 33,78% de outros bairros, e os anos de estudo somam 12,30 contra 7,67 de toda São Paulo. A taxa de analfabetismo é pouco superior a 1%, enquanto no restante da cidade chega a 4,88%.
O nível de educação dos habitantes da Vila reflete na alta renda média, em torno de R$ 3,6 mil mensais, bem acima do índice do município, que é de R$ 1,3 mil. Os pontos turísticos tambémsão de tirar o fôlego, casos do Parque e Ginásio Ibirapuera, o Instituto Biológico e a Cinemateca Brasileira.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Matéria de Capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *