Home Matéria de Capa Mais de 1.300 toneladas de lixo são recolhidas das ruas

Mais de 1.300 toneladas de lixo são recolhidas das ruas

0
1

A Cooperativa Sempre Verde, localizada no Jabaquara, ampliou em 44% o volume de materiais recicláveis coletados em 2018, chegando a 1.350 toneladas recolhidas. O crescimento é reflexo das ações realizadas dentro do projeto de transformação socioambiental Recicla Jabaquara, promovido pela Tetra Pak.
Idealizado para promover a conscientização da população do bairro sobre a importância econômica, social e ambiental da reciclagem, a iniciativa contemplou a capacitação de 32 cooperados, que, durante três meses, participaram de atividades e dinâmicas focadas no desenvolvimento humano. A partir de então, a segunda etapa envolveu a proposta para os cooperados colocarem o conhecimento adquirido em prática com a oportunidade de serem protagonistas da coleta seletiva e do engajamento com a comunidade em ações de sensibilização em escolas, comércios e pontos de entrega voluntária, dentro de um raio de 5 km no entorno da cooperativa. “É simples reciclar, ainda mais quando se reconhece na cooperativa um local de integração e inclusão social”, afirma Valéria Michel, diretora de Economia Circular da Tetra Pak.
Ao todo, foram mais de 20 ações diretas com os moradores, chamadas de Rua Viva, em que os cooperados percorreram casas e comércios para abrir diálogo e esclarecer a população sobre o papel da cooperativa e a importância da reciclagem. Outra ação com forte engajamento foi a campanha Natal Solidário, de incentivo à doação de recicláveis como forma de contribuir para o aumento da renda dos cooperados no período de festas. “O Recicla Jabaquara foi responsável por trazer conhecimento e valor ambiental para o bairro. Eu já fazia a separação de resíduos na minha casa, mas não conhecia a Cooperativa Sempre Verde, agora estou destinando meus resíduos recicláveis para eles”, informa Francis Kanô, morador do Jabaquara.
Além das ações diretamente nas casas e nos comércios, houve interação em 17 escolas, em que o grupo de cooperados promoveu encontros com alunos e professores para esclarecer como funciona o trabalho da coleta seletiva. O retorno foi percebido na adesão das famílias e na arrecadação de mais de 10 toneladas de materiais recicláveis, que contribuíram para o total arrecadado de 1.350 toneladas no ano. “Os alunos ficaram muito interessados e se tornaram multiplicadores em suas casas”, comemora Tania Lucia Maldonado, coordenadora de uma das escolas que receberam a visita dos cooperados.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Matéria de Capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *