Home Beleza & Estética De frutas aos antibióticos, cuidado para não manchar a pele no calor

De frutas aos antibióticos, cuidado para não manchar a pele no calor

0
0

Você sabe o que fitofotodermatose? Trata-se de manchas ou queimaduras causadas pelo contato com frutas cítricas, perfumes, cosméticos e álcool e posterior exposição ao sol. Os dermatologistas explicam que o problema também pode ocorrer por uso de perfumes, cremes e cosméticos que contenham substâncias derivadas de plantas. Ás vezes, o cosmético não necessariamente tem o extrato de planta, mas pode ter algum conservante, algum estabilizante ou o próprio álcool, que também são causadores da fitofotodermatose.
Alguns antibióticos (principalmente com substâncias derivadas da penicilina) também podem causar o problema. Em uso de antibiótico, devemos evitar a exposição ao sol porque a pele fica mais sensibilizada, já que o antibiótico se deposita também na pele e pode ocorrer um escurecimento por conta da exposição à radiação solar.
A dermatose ocorre nas áreas de contato com essas substâncias e que recebem a irradiação do sol. Geralmente, elas surgem dentro das 24 horas seguintes, promovendo um processo inflamatório, e caracterizam-se por eritema como uma queimadura, eventualmente, com formação de vesículas e bolhas, dependendo da intensidade da reação. Pode surgir infecção secundária na evolução, mas a característica principal das fitofotodermatoses é a pigmentação, que pode durar várias semanas.
Além dos antibióticos, os principais vilões são: frutas cítricas (como limão, tangerina, laranja, mexerica, morango e figo), cenoura, arruda, aipo, salsinha, coentro, erva-doce, urtiga, cactos, perfumes e cosméticos como loções adstringentes à base de álcool ou produtos de tratamento com peróxido de benzoíla e ácido salicílico.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Beleza & Estética

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *