Home Matéria de Capa Congonhas completa 83 anos de muitas histórias

Congonhas completa 83 anos de muitas histórias

0
0

Considerado a jóia da coroa dos aeroportos brasileiros, e o mais cobiçado pelas empresas que participam do programa de privatização dos aeroportos do país, Congonhas comemora 83 anos de operações nesta sexta-feira (12). Foi nesta data em 1936 que a pista foi usada pela primeira vez em vôos experimentais, numa tentativa de desafogar o aeroporto urbano da cidade de São Paulo daquela época, o Campo de Marte, que vivia enfrentando problemas com enchentes.
Praticamente 1 em cada 3 pessoas tem uma foto no aeroporto de Congonhas. O aeroporto transpira história, e não é a história de livro, nem de museu. É história de gente.
Um misto de sentimentos toma conta do saguão do aeroporto. A tristeza de quem vai e deixa família, a alegria de quem chega e reencontra amigos e parentes, a preocupação de quem está á poucos minutos de uma reunião importante, enfim, Congonhas é o cenário de milhares de histórias da vida real.
Além de histórias, o aeroporto guarda curiosidades que em mais de oito décadas ainda são desconhecidas por muitas pessoas. Uma delas é a escolha do terreno para a construção do aeroporto que foi criticada na época, porque era muito descampada e longe demais da cidade. Com o passar dos anos, a cidade foi crescendo em volta do aeroporto, e hoje ele é criticado justamente pelo motivo contrário: está localizado em uma área muito movimentada, tornando perigosa a sua operação.
Outro fato que foi manchete dos jornais em 1951, refere-se ao movimento de 1 milhão de passageiros em Congonhas, quase a metade da população da cidade de São Paulo naquela época.
Por muito tempo, o aeroporto de Congonhas teve o único café com funcionamento 24 horas da cidade. O restaurante Noar, inaugurado nos anos 50 (e ainda em operação) se tornou um ponto de encontro da elite paulistana, curiosos e turistas, pois suas instalações tinham uma vista privilegiada da pista do aeroporto. Revitalizado pelo arquiteto Naoki Otake, o restaurante mas preservou as características clássicas do projeto original.
Quer conhecer um pouco da história de São Paulo? Então visite Congonhas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Matéria de Capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *